JOVENS E FAVELAS: EM BUSCA DE VISIBILIDADE POLÍTICA

MARIO PIRES SIMÃO

Resumo


Este artigo procura discutir alguns movimentos de visibilidade de jovens de origem popular, residentes em favelas cariocas a partir do seu espaço vivido. Assinala-se a invisibilidade de jovens oriundos de determinadas favelas da cidade do Rio de Janeiro, destacando-se que existem diferentes modos de ser e estar jovem e, especialmente estes jovens têm suas vidas marcadas pela desigualdade e pela distinção territorial de direitos.  Busca-se no espaço vivido destes jovens, reunir informações sobre trajetórias de vida e práticas culturais e com isso apontar movimentos de visibilização destes jovens, tais como: as novas representações estéticas que fazem de si e do espaço da favela em que vivem, as estratégias de comunicação e de construção de redes a partir das ferramentas da tecnologia digital, o fortalecimento de uma cultura de rua, mesclando formas e conteúdos novos de participação social e a invenção de novos lugares para si a partir do auto-reconhecimento e do reconhecimento mútuo.


Palavras-chave


juventude, espaço, diferença, espaços populares

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.