ESPAÇOS ELITIZADOS DE MORADIA E CONSUMO: NOVAS CENTRALIDADES URBANAS NA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM–PA.

Luiz Soares Mendes, Janete Marília Gentil Comibra de Oliveira

Resumo


Este artigo é produto de uma pesquisa sobre o surgimento de novas centralidades na Região Metropolitana de Belém, Estado do Pará. Seu recorte espacial se situa na Avenida Augusto Montenegro, via de 15 quilômetros de extensão, que é um importante eixo da expansão metropolitana, que passa a ser incorporada por empresas do setor imobiliário (construção de condomínios fechados) e do terciário (alocação de comércio e serviço), com expressividade local, nacional e global, isso nos últimos 10 anos. Tornou-se um local de direcionamentos na Metrópole. A pesquisa é pertinente por observar que o processo histórico de ocupação da via, antes destino dos pobres e segregados, agora está sendo produzida às classes altas, para isso foi idealizada como a “Nova Belém”. Portanto, fortes alterações podem ser percebidas na configuração do urbano, quando se leva em consideração que a centralidade é uma expressão da coesão das atividades terciárias, associadas ao processo de descentralização e de centralização.

Palavras-chave


Espaços Elitizados de Moradia- Espaços de Consumo- Nova Belém

Texto completo:

PDF PDF () PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.